Arquiv-o quê?‎ > ‎

Arquiv-o quê? - Todas as matérias


VAGA BIBLIOTECÁRIO / ARQUIVISTA ...Projetamos seu arquivo com a CDU, NOBRADE ou qualquer coisa

postado em 26 de jan de 2011 20:32 por webmaster site   [ 26 de jan de 2011 22:28 atualizado‎(s)‎ ]

Algo que prezamos em nosso projeto é a presença dos colegas de Biblioteconomia, o que favorece um importante diálogo, mas até eles se divertem diante dos cenários que se apresentam. Há cursos que oferecem a possibilidade de dupla graduação, como na UFF, entretanto, o anuncio não procura um profissional super capacitado, mas qualquer um, seja Arquivista ou Bibliotecário, para desempenhar as atividades de projetar e gerenciar um arquivo. Vejam os detalhes do anúncio abaixo, reproduzido na íntegra:








VAGA BIBLIOTECÁRIO / ARQUIVISTA

Parceria Consultores contrata para projeto temporário em cliente:
Bibliotecário (a) ou Arquivista  com experiência em organização de arquivos, utilizando técnicas de organização documental (sugestão de softwares livre para gestão de documentos).
O trabalho consiste na proposição de modelagem para organização do arquivo e em seguida organização do arquivo nos moldes propostos, de modo que depois de organizado o mesmo seja gerido pelo cliente. O contratado irá contar com  dois colaboradores  para apoio nas atividades operacionais.
Projeto previsto para início em Fevereiro e término em Abril.
Interessados encaminhar currículo com indicação de referências profissionais e pretensão salarial para: camila@parceriaconsult.com
Atc,
 
Camila Costa


O que você esperaria dos serviços desta empresa? Será que ela sabe que CDU, CDD, Tabela de temporalidade e NOBRADE são coisas diferentes? (Sem mencionar dezenas de outras...) Qual o resultado e experiência será obtida por este cliente? 

Para responder a estas e outras perguntas, sugerimos que leiam uma ótima explicação sobre competências de arquivos, bibliotecas, museus e centros de documentação, na publicação Como Fazer (09) - Como implantar centros de documentação, disponível na seção Arquivologia online.

Por fim, vale citar ainda a legislação:

LEI N° 6.546, DE 4 DE JULHO DE 1978 

        O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o CONGRESSO NACIONAL decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

        Art. 1º - O exercício das profissões de Arquivista e de Técnico de Arquivo, com as atribuições estabelecidas nesta Lei, só será permitido:

        I - aos diplomados no Brasil por curso superior de Arquivologia, reconhecido na forma da lei;

        Il - aos diplomados no exterior por cursos superiores de Arquivologia, cujos diplomas sejam revalidados no Brasil na forma da lei;

        III - aos Técnicos de Arquivo portadores de certificados de conclusão de ensino de 2º grau;

        IV - aos que, embora não habilitados nos termos dos itens anteriores, contem, pelo menos, cinco anos ininterruptos de atividade ou dez intercalados, na data de início da vigência desta Lei, nos campos profissionais da Arquivologia ou da Técnica de Arquivo;

        V - aos portadores de certificado de conclusão de curso de 2º grau que recebam treinamento especifico em técnicas de arquivo em curso ministrado por entidades credenciadas pelo Conselho Federal de Mão-de-Obra, do Ministério do Trabalho, com carga horária mínima de 1.110 hs. nas disciplinas específicas.

        Art. 2º - São atribuições dos Arquivistas:

        I - planejamento, organização e direção de serviços de Arquivo;

        II - planejamento, orientação e acompanhamento do processo documental e informativo;

        III - planejamento, orientação e direção das atividades de identificação das espécies documentais e participação no planejamento de novos documentos e controle de multicópias;

        IV - planejamento, organização e direção de serviços ou centro de documentação e informação constituídos de acervos arquivísticos e mistos;

        V - planejamento, organização e direção de serviços de microfilmagem aplicada aos arquivos;

        VI - orientação do planejamento da automação aplicada aos arquivos;

        VII - orientação quanto à classificação, arranjo e descrição de documentos;

        VIII - orientação da avaliação e seleção de documentos, para fins de preservação;

        IX - promoção de medidas necessárias à conservação de documentos;

        X - elaboração de pareceres e trabalhos de complexidade sobre assuntos arquivísticos;

        XI - assessoramento aos trabalhos de pesquisa científica ou técnico-administrativa;

        XII - desenvolvimento de estudos sobre documentos culturalmente importantes.

        Art. 3º - São atribuições dos Técnicos de Arquivo:

        I - recebimento, registro e distribuição dos documentos, bem como controle de sua movimentação;

        II - classificação, arranjo, descrição e execução de demais tarefas necessárias à guarda e conservação dos documentos, assim como prestação de informações relativas aos mesmos;

        III - preparação de documentos de arquivos para microfilmagem e conservação e utilização do microfilme;

        IV - preparação de documentos de arquivo para processamento eletrônico de dados.

        Art. 4º - O exercício das profissões de Arquivista e de Técnico de Arquivo, depende de registro na Delegacia Regional do Trabalho do Ministério do Trabalho.

        Art. 5º - Não será permitido o exercício das profissões de Arquivista e de Técnico de Arquivo aos concluintes de cursos resumidos, simplificados ou intensivos, de férias, por correspondência ou avulsos.


Wikipédia (Mico-leão-dourado). Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Mico-le%C3%A3o-dourado>. Acesso em: 26 jan. 2011.
O Povo Online. Disponível em: <http://blog.opovo.com.br/empregosemfortaleza/vaga-bibliotecario-arquivista/>. Acesso em: 26 jan. 2011.
Presidência da República do Brasil. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil/leis/1970-1979/L6546.htm>. Acesso em: 20 set 2010.

Município do Ceará faz concurso para Arquivista graduado no 2º Grau (?!)

postado em 24 de jan de 2011 17:17 por webmaster site   [ 24 de jan de 2011 18:33 atualizado‎(s)‎ ]

O município cearense de São Benedito abriu concurso público para contratação de Arquivista (Não se trata de Técnico de Arquivo). Detalhe: com formação no ensino médio (!).

Clique sobre a imagem abaixo para baixar o edital


Bem, ao menos o Arquivista irá ganhar mais do que um Digitador...

Apesar de considerarem que não precisamos estudar muito mais do que uma recepcionista.



Novamente, realizamos contato por e-mail informando os problemas. Esperamos que façam as correções necessárias no edital.


Nunca é demais lembrar...

LEI N° 6.546, DE 4 DE JULHO DE 1978

Dispõe sobre a regulamentação das profissões de Arquivista e de Técnico de Arquivo, e dá outras providências.

O Presidente da República.

Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1° O exercício das profissões de Arquivista e de Técnico de Arquivo, com as atribuições estabelecidas nesta Lei, só será permitido:

I - aos diplomados no Brasil por curso superior de Arquivologia, reconhecido na forma da lei;

II - aos diplomados no exterior por cursos superiores de Arquivologia, cujos diplomas sejam revalidados no Brasil na forma
da lei;

III - aos Técnicos de Arquivo portadores de certificados de conclusão de ensino de 2º grau;

IV - aos que, embora não habilitados nos termos dos itens anteriores, contem, pelo menos, cinco anos ininterruptos de atividade ou dez intercalados, na data do início da vigência desta Lei, nos campos profissionais da Arquivologia ou da Técnica de Arquivo;

(Consulte sempre as) Fontes:
Prefeitura Municipal de São Benedito. Disponível em: <http://saobenedito.ce.gov.br/noticias/outras-noticias/347-edital-do-concurso-de-sao-benedito.html>. Acesso 23 jan. 2011.
Presidência da República do Brasil. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil/leis/1970-1979/L6546.htm>. Acesso em: 20 set. 2010.


Dúvidas, críticas ou sugestões? Fale conosco

Conselho de Biblioteconomia e Associação de Bibliotecários realizam curso de "Gestão Arquivística de Documentos"

postado em 9 de out de 2010 17:54 por webmaster site   [ 10 de out de 2010 09:16 atualizado‎(s)‎ ]

A Associação dos Bibliotecários do Ceará, em parceria com a Universidade Estadual Vale do Acaraú e o Conselho Regional de Biblioteconomia, realizam, nos dias 24 e 25 de setembro, o curso Gestão Arquivística de Documentos, voltado para profissionais e estudantes interessados em conhecer a metodologia arquivística para a gestão de documentos.
As aulas acontecem no Campus da Betânia (UVA) nos horários de 8h às 12h e de 14h às 18h, e serão ministradas pela professora Rita de Cássia Esteves, especialista em Administração da Qualidade pela Universidade Federal do Ceará.

Informações e inscrições:
ABC (Fortaleza) - (085)3244.0357 / (085)8789.7797
Biblioteca Central da UVA (Sobral) – 3677.4243
Eventus & Cia - (88) 3611.6514

Fonte: Secretaria Municipal de Educação de Sobral. Disponível em: <http://educacaosobralense.blogspot.com/2010/09/sobral-tera-curso-de-gestao.html>. Acesso em: 23 set 2010.

Por Arquivista.org:

Provavelmente ao ler esta notícia você tomou um susto. Nós também. Mas este é um exemplo de que nem sempre as notícias são ruins. Na verdade, a Associação, a Universidade e o Conselho se uniram para difundir os conceitos de gestão de documentos, por intermédio da convidada, que é Arquivista formada pela UFF (*). O grande problema reside em como a notícia é apresentada e os dados que foram omitidos, como a formação completa da responsável por ministrar o curso. Isto é uma pena, pois favorece as confusões que nos deparamos todos os dias. Outro fato reside em como aqueles que se submeterão ao curso aplicarão seus novos conhecimentos, pois nenhum curso, exceto de nível superior, qualifica o exercício da profissão de Arquivista, conforme preconiza a lei.

De toda a forma, parabéns aos envolvidos pela difusão da Arquivologia e esperamos que possam ter uma atenção mais especial na divulgação de informações de eventos futuros.

Isto demonstra como Arquivistas e Bibliotecários podem estabelecer importantes parcerias de trabalho e aperfeiçoamento.

(*) conforme informações que estavam disponíveis na página da Associação, fora do ar no momento desta publicação.

Curso de Arquivologia por R$ 35,00 (?!)

postado em 9 de out de 2010 17:39 por webmaster site   [ 9 de out de 2010 20:38 atualizado‎(s)‎ ]

O professor Rodrigo Barbati preparou um curso de ARQUIVOLOGIA especialmente voltado para os concursos dos TRIBUNAIS (especialmente para os cargos de analista). O curso tem a duração de 30 dias a partir da liberação. O pagamento poderá ser feito em até 12 vezes pelo pagseguro (taxa de juros definida no instante da compra).  O curso é composto de 6 horas e 30 minutos de aulas em vídeo. Além disso, o aluno terá à sua disposição o material de apoio utilizado pelo professor em suas aulas. Clique aqui e veja o contrato de adesão.

O curso que você está comprando é todo via internet, em ambiente de aprendizagem virtual do POP Concursos. Após a confirmação da compra é disponibilizada uma senha de acesso ao curso escolhido.

Fonte: Pop Concursos. Disponível em <http://popconcursos.com.br/site/arquivologia-4/>. Acesso em 25 set 2010.


Por Arquivista.org:

Pois é...

Para que estudar 4 anos na universidade? ...Cremos que os próximos lançamentos serão os cursos de ENGENHARIA e MEDICINA... Agora vai ser fácil!

Um mero treinamento sobre os fundamentos da Arquivologia para concursos virou um CURSO DE ARQUIVOLOGIA. Estamos certos de que as implicações legais desta divulgação desastrada são graves e esperamos que nossas entidades de classe tomem providências sobre a questão. Um Curso de Arquivologia é de formação superior, regulamentado pelo MEC, dispondo de diretrizes específicas.

Estas são algumas, dentre muitas confusões que devemos estar atentos todos os dias, divulgando e esclarecendo as atividades dos Arquivistas e demais profissionais das ciências da informação.

Para não perder o hábito...


LEI N° 6.546, DE 4 DE JULHO DE 1978

Dispõe sobre a regulamentação das profissões de Arquivista e de Técnico de Arquivo, e dá outras providências.

O Presidente da República.

Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1° O exercício das profissões de Arquivista e de Técnico de Arquivo, com as atribuições estabelecidas nesta Lei, só será permitido:

I - aos diplomados no Brasil por curso superior de Arquivologia, reconhecido na forma da lei;

II - aos diplomados no exterior por cursos superiores de Arquivologia, cujos diplomas sejam revalidados no Brasil na forma
da lei;

III - aos Técnicos de Arquivo portadores de certificados de conclusão de ensino de 2º grau;

IV - aos que, embora não habilitados nos termos dos itens anteriores, contem, pelo menos, cinco anos ininterruptos de atividade ou dez intercalados, na data do início da vigência desta Lei, nos campos profissionais da Arquivologia ou da Técnica de Arquivo;

Fonte: Presidência da República do Brasil. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil/leis/1970-1979/L6546.htm>. Acesso em: 20 set 2010.

Diretrizes Curriculares — Arquivologia — Curso de Graduação


  • Parecer CNE/CES nº 492, de 3 de abril de 2001
    Aprova as Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de Arquivologia, Biblioteconomia, Ciências Sociais - Antropologia, Ciência Política e Sociologia, Comunicação Social, Filosofia, Geografia, História, Letras, Museologia e Serviço Social.
  • Parecer CNE/CES nº 1.363, de 12 de dezembro de 2001
    Retifica o Parecer CNE/CES n.º 492, de 3 de abril de 2001, que aprova as Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de Arquivologia, Biblioteconomia, Ciências Sociais - Antropologia, Ciência Política e Sociologia, Comunicação Social, Filosofia, Geografia, História, Letras, Museologia e Serviço Social.
Fonte: MEC. Disponível em <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=12991:diretrizes-curriculares-cursos-de-graduacao-&catid=323:orgaos-vinculados>. Acesso em 25 set 2010.

Universidade dá "Curso de Arquivo" com uma Bibliotecária

postado em 9 de out de 2010 17:37 por webmaster site   [ 10 de out de 2010 09:19 atualizado‎(s)‎ ]

Servidores da UEG aprendem a trabalhar com arquivos

Até o próximo dia 30, a Pró-Reitoria de Administração, Planejamento e Finanças - PrA, por meio da Coordenação de Desenvolvimento e Valorização de Pessoas, realiza um curso de arquivo para os servidores da Administração Superior da UEG. A bibliotecária (?) Corali Aparecida Rosa Bugano de Alcântara ministra o curso com carga horária de 20 horas/aula. O objetivo é treinar e habilitar mais de 20 funcionários para o manuseio e arquivamento corretos e adequados de documentos, processos, atas, publicações e imagens que fazem parte dos arquivos da Universidade.

Mais informações:(62) 3328-1402.

Fontes: UEG. Disponível em: <http://www.ueg.br/materia/pra-oferece-curso-de-arquivo-a-servidores/3238>. Acesso em: 23 set 2010.
Goiás Agora. Disponível em: <http://www.noticiasdegoias.go.gov.br/index.php?idMateria=87179>. Acesso em: 23 set 2010.

Por Arquivista.org:

Mais uma vez...


Até em uma universidade pública! Será este mais um caso enquadrado na alínea IV, do Art. 1°, de um arquivista por profissão? A notícia eventualmente omite que a real situação profissional da Sra. Corali e a abrangência das atividades que os servidores irão exercer, podendo ocorrer o exercício ilegal da profissão. Outro equívoco existe em chamar um mero treinamento em organização de documentos de um Curso de Arquivo. Também vale a pena ressaltar que a UEG deveria concursar Arquivistas, ao invés de improvisar soluções que não contribuem de forma definitiva para a correta organização que se espera de uma entidade pública.

Estas são algumas, dentre muitas confusões que devemos estar atentos todos os dias, divulgando e esclarecendo as atividades dos Arquivistas e demais profissionais das ciências da informação.

De novo, para não esquecer...

LEI N° 6.546, DE 4 DE JULHO DE 1978

Dispõe sobre a regulamentação das profissões de Arquivista e de Técnico de Arquivo, e dá outras providências.

O Presidente da República.

Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1° O exercício das profissões de Arquivista e de Técnico de Arquivo, com as atribuições estabelecidas nesta Lei, só será permitido:

I - aos diplomados no Brasil por curso superior de Arquivologia, reconhecido na forma da lei;

II - aos diplomados no exterior por cursos superiores de Arquivologia, cujos diplomas sejam revalidados no Brasil na forma
da lei;

III - aos Técnicos de Arquivo portadores de certificados de conclusão de ensino de 2º grau;

IV - aos que, embora não habilitados nos termos dos itens anteriores, contem, pelo menos, cinco anos ininterruptos de atividade ou dez intercalados, na data do início da vigência desta Lei, nos campos profissionais da Arquivologia ou da Técnica de Arquivo;

Fonte: Presidência da República do Brasil. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil/leis/1970-1979/L6546.htm>. Acesso em: 20 set 2010.

Um Bibliotecário confuso e uma orientação acadêmica desastrada

postado em 9 de out de 2010 16:33 por webmaster site   [ 10 de out de 2010 09:21 atualizado‎(s)‎ ]

Por Ikwa:

Arquivologia - Racionalização de Documentos - Juan Peixoto
Racionalização de Documentos -- Juan Cacio Peixoto, Bibliotecário (?) do Acervo Organização e Guarda de Documentos, formado em Biblioteconomia pela Ufes, fala um pouco sobre este especialista que é responsável pela classificação, pela organização, pela identificação e pelo armazenamento de documentos. Saiba tudo sobre essa área do ARQUIVOLOGIA e sobre todas as carreiras e cursos que te interessam. WWW.IKWA.COM.BR(*)

(*) Sobre o Ikwa
Nossa missão é proporcionar os melhores recursos para que as pessoas conquistem sua realização profissional.

Ikwa, no dialeto africano Sotho, significa "estar consciente, escutar a si mesmo". E é em torno dessa idéia que o Ikwa está construindo uma comunidade para informar e inspirar as pessoas nas suas escolhas.

Descobrir seus talentos, conhecer carreiras e profissionais (?), escolher onde estudar e trabalhar, compartilhar idéias e conhecimentos são algumas das possibilidades que o Ikwa oferece a você.

Por Arquivista.org:

Em primeiro lugar: Adoramos nossos colegas Bibliotecários e eles são uma parte fundamental de nosso projeto, contudo, acreditamos que a instituição IKWA e o Sr. Juan geraram uma confusão desnecessária naqueles que procuram informações sobre a Arquivologia, sendo infelizes, para dizer o mínimo, ao creditar esta atividade ao Bibliotecário. Acreditamos ainda que ele esteja enquadrado na alínea IV, do Art. 1°, o que faz dele, na verdade, um Arquivista por profissão, pois caso contrário, exerceria ilegalmente tais competências. Estas são algumas, dentre muitas confusões que devemos estar atentos todos os dias, divulgando e esclarecendo as atividades dos Arquivistas e demais profissionais das ciências da informação.


LEI N° 6.546, DE 4 DE JULHO DE 1978
Dispõe sobre a regulamentação das profissões de Arquivista e de Técnico de Arquivo, e dá outras providências.

O Presidente da República.

Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1° O exercício das profissões de Arquivista e de Técnico de Arquivo, com as atribuições estabelecidas nesta Lei, só será permitido:

I - aos diplomados no Brasil por curso superior de Arquivologia, reconhecido na forma da lei;

II - aos diplomados no exterior por cursos superiores de Arquivologia, cujos diplomas sejam revalidados no Brasil na forma
da lei;

III - aos Técnicos de Arquivo portadores de certificados de conclusão de ensino de 2º grau;

IV - aos que, embora não habilitados nos termos dos itens anteriores, contem, pelo menos, cinco anos ininterruptos de atividade ou dez intercalados, na data do início da vigência desta Lei, nos campos profissionais da Arquivologia ou da Técnica de Arquivo;

Fontes: Youtube. Disponível em: <http://youtube.com/watch?v=1MBjQOmZQXQ>. Acesso em: 20 set 2010.
IKWA. Disponível em: <www.ikwa.com.br>. Acesso em: 20 set 2010.
Presidência da República do Brasil. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil/leis/1970-1979/L6546.htm>. Acesso em: 20 set 2010.

Arquiv-o quê? — Confusões sobre a Arquivologia

postado em 9 de out de 2010 16:24 por webmaster site   [ 9 de out de 2010 16:31 atualizado‎(s)‎ ]

O que as pessoas pensam sobre arquivologia e sobre o trabalho do Arquivista?


Fonte: Youtube. Disponível em: <http://youtube.com/watch?v=tv9FmRBA8Do>. Acesso em 29 set 2010.

1-7 of 7